Relembre seis modelos da indústria automobilística lançados em 2020

0
381

Carros: relembre os 6 modelos lançados em 2020 – NotíciasO ano de 2020 foi atípico para todos os segmentos. A pandemia causada pelo novo Coronavírus afetou as vendas de todas as marcas com uma queda abrupta após o mês de abril e uma recuperação nunca antes vista no setor. Mesmo com as dificuldades apresentadas os lançamentos não pararam e muitos modelos se destacaram nas vendas deste ano. Listamos os principais lançamentos de 2020 considerando a importância de cada modelos em seu segmento. Confira:

1 – Fiat Strada

Sem dúvidas a Fiat Strada foi o principal lançamento do ano. A picape chegou ao mercado no dia 26 de junho e em seu primeiro mês de vendas teve 17 mil pedidos de vendas, segundo dados divulgados pela FCA. A utilitária que já era líder de mercado continua entre os cinco modelos mais vendidos com uma média de 9.000 pedidos por mês.

CONFIRA A AVALIAÇÃO COMPLETA DA NOVA FIAT STRADA NA VERSÃO TOPO DE LINHA VOLCANO

Com uma nova geração, a picape não demorou para cair no gosto dos brasileiros. Usa plataforma nova denominada MPP que mescla elementos do Mobi, do Argo e da Fiorino. A Strada vem equipada com dois tipos de motorização: 1.4 flex de 88cv e 1.3 flex de 109cv. As duas são equipadas com câmbio manual de cinco marchas, versões com cabine simples e dupla e em termos de vendas foi o principal lançamento do mercado em 2020.

Desde o seu lançamento a picape ja emplacou 46.809 unidades.

Preços: R$ 63.590 a R$ 79.990.

2- Chevrolet Tracker

O segundo lançamento mais relevande do ano foi o Chevrolet Tracker. Nova plataforma, novo visual, motor e central multimídia conectada com 4G a bordo são seus bons atributos além do custo benefício, fórmula já adotada pelo Onix, e que vem dando certo. A Tracker foi lançada em março, no início da pandemia, e por pouco não foi o modelo mais vendido do segmento (ficou atrás do Jeep Renegade)

O SUV é equipado com dois motores: 1.0 turbo de 116cv e 1.2 turbo de 133cv. Nas versões mais baratas o Tracker é equipado com câmbio manual de seis velocidades e a partir das versões intermediárias e equipadas o câmbio é automático de seis velocidades.

Com o sucesso do Tracker a GM passou a diversificar e na linha 2021 oferece o crossover com motor 1.0 nas versões bem equipadas como a LTZ e Premier. De abril a novembro o Tracker emplacou 38.458 unidades.

Preços: R$ 88.790 a R$ 121.290.

3 – Nissan Versa

O Nissan Versa também foi um modelo que surpreendeu. Com o novo visual, agora mais parecido com seu irmão maior Sentra, o sedã de entrada da marca japonesa fica posicionado acima do V-Drive (antigo Versa). Inicialmente previsto para chegar em abril de 2020, foi lançado no final de outubro e vendeu em novembro 677 unidades. A expectativa da marca é emplacar algo como 1.000 unidades por mês do Versa que vem importado do México. A motorização do Versa é uma velha conhecida da casa: 1.6 aspirado de 118 cv e 15,2 kgfm de torque com câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT.

 

Preços: R$ 74.490 a R$ 94.790.

4- Volkswagen Nivus

Um outro lançamento feito em meio à pandemia foi o crossover compacto Nivus. O SUV baseado no Polo trouxe novas tecnologias da Volkswagen, como a nova central multimídia VW Play, que torna a vida do usuário ainda mais fácil. Fora isso, o visual também foi ponto de elogios para a marca alemã.

 

A motorização também é outro ponto positivo do carro. O Nivus é equipado com o elogiado motor 200TSI, 1.0 turbo de 128cv e câmbio automático de seis velocidades.

Lançado em julho, a Volkswagen emplacou até o momento 12.113 unidades do Crossover, um número expressivo para marca. A título de comparação, modelos como o Up! emplacou durante todo o ano somente 6.876 unidades. Com vendas em torno de 3,5 mil unidades por mês o Nivus já é um sucesso ao lado do T-Cross, posicionado um pouco acima no preço e na oferta do motor 1.4 TSI que o Nivus não tem.

Preços: R$ 89.150 a R$ 102.050.

5- Ford Territory

Listamos o novo Ford Territory, pois este é o primeiro modelo de reformulação da marca Ford no Brasil. O SUV médio vem importado da China e traz um bom conforto a bordo, kit multimídia intuitivo e motor 1.5 turbo de 150cv que cumpre bem o seu papel. Porém peca no preço elevado diante dos seus concorrentes e considerando o segmento ainda vende bem pouco.

 

O SUV comercializado em duas versões SEL e Titanium teve seu lançamento no início de agosto e de lá pra cá emplacou 1.223 unidades, número bem abaixo do líder Jeep Compass que chega a vender cerca de 6.000 unidades por mês e também abaixo de competidores como Chevrolet Equinox 1.5 turbo e Volkswagen Tiguan 1.4 TSI que vendem cerca de 800 unidades por mês.

Preços: R$ 179.900 a R$ 197.900.

6- Peugeot 208

Este era um dos lançamentos mais aguardados de 2020. Para a Peugeot sería esse o carro que levaria de novo a marca a uma posição de destaque no segmento dos compactos, porém a história na foi bem assim.

Lançado no início de setembro o compacto fabricado na Argentina não teve o resultado esperado pela marca até agora. Convenhamos o novo 208 tem visual agressivo que chama atenção por onde passa, interior com bom nível de acabamento, porém peca no alto preço e motorização antiquada. O modelo adotou o motor 1.6 16V de 118/115cv e câmbio automático de seis velocidades.

O número de vendas fez até mesmo as concessionárias acionarem o sinal de alerta. Foram vendidas apenas 1.593 unidades em dois meses, um número baixo para um carro que deveria reformular a marca no Brasil. Ainda assim é um lançamento relevante para a marca. Só faltou afinar melhor a estratégia.

Preços: R$ 74.990 a R$ 94.990.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

©Plantão dos Lagos
Fonte: Portal R7
Fotos: divulgação