Rede de recarga para elétricos cresce 50% em 4 meses

0
14


Ecovagas recarga elétricos Stellantis

Quantidade de eletropostos públicos e semipúblicos chegou a 754 em julho, segundo associação do setor

A quantidade de eletropostos públicos e semipúblicos para a recarga da bateria de veículos elétricos e híbridos do tipo plug-in cresceu 50% no Brasil entre março e julho de 2021. O total de pontos passou de 500 para 754 em quatro meses, segundo dados de levantamento encomendado pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) à empresa Tupinambá Energia.

De acordo com a entidade, são considerados eletropostos públicos aqueles instalados em parques, ruas e praças. Já os semipúblicos são os carregadores disponíveis em shoppings, estacionamentos privados, supermercados, postos de combustíveis, aeroportos e demais estabelecimentos privados com acesso ao público em geral. O levantamento não inclui os pontos de recarga em condomínios residenciais ou comerciais e nem os instalados em concessionárias que sejam de uso exclusivo para veículos da marca.

Segundo o levantamento, os carregadores disponíveis no Brasil podem ser divididos em sete categorias de padrões de conexão (que estabelecem a compatibilidade dos plugues com cada modelo): padrão Tipo 1; padrão Tipo 2; padrão CHAdeMO; padrão CCS 2; padrões Tipo 1 e Tipo 2 (postos com ambas as opções); padrões Tipo 2/CHAdeMo/CCS 2 (postos com as três opções); padrão Tesla. O mais comum nos eletropostos brasileiros é o padrão Tipo 2, segundo o estudo.

A maioria dos eletropostos conta com equipamentos de potência reduzida, de até 7,4 kW. A ABVE diz, entretanto, que observou crescimento na quantidade de estações de 11 kW e 22 kW para os elétricos compatíveis com esses níveis de carga em corrente alternada. 

No levantamento de março, em um universo total de 500 eletropostos em 12 estados mais o Distrito Federal, o estado de São Paulo respondia por 49,3% deste total. Em segundo lugar, Santa Catarina, com 11% dos postos, enquanto o Rio de Janeiro somava 9,3%. Na sequência, os estados (além do DF) mapeados com mais eletropostos foram os seguintes: Paraná (7,9%), Distrito Federal (7,5%), Minas Gerais (6,2%), Espírito Santo (2,7%), Rio Grande do Sul (2%), Pernambuco (1,7%), Goiás (1%), Bahia (0,3%), Mato Grosso (0,3%) e Mato Grosso do Sul (0,3%).

Foto: Divulgação



Fonte: Revista Carro