Preço da gasolina passa de R$ 6 em 13 estados

0
26


Posto de combustíveis gasolina etanol bomba foto Fernando Frazão/Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Preço médio da gasolina no País teve alta nas primeiras semanas de julho em relação ao fechamento de junho, enquanto o etanol permaneceu estável

O preço médio da gasolina no Brasil aumentou 1,44% nas primeiras semanas de julho quando comparado com o fechamento de junho, segundo o último Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Com isso, o combustível é comercializado, em média, a R$ 5,956, porém, ele já ultrapassou a marca dos R$ 6,00 em 13 estados brasileiros.

Esses dados são bem próximos daqueles divulgados pela ValeCard: alta de 1,45% na primeira quinzena de julho em comparação com junho, mas o valor médio registrado para o combustível no País foi de R$ 6,001. A empresa considera para o seu levantamento o registro das transações realizadas entre os dias 1º e 14 de julho com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados.

LEIA MAIS: Volkswagen lança calculadora de combustível

“Os valores registrados pelos postos na média nacional tanto para a gasolina como para o etanol são os maiores deste ano. Em cinco dos 13 estados em que o preço da gasolina ficou acima de R$ 6,00, é a primeira vez que isso acontece em 2021. Essa estatística se refere aos valores médios na Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Tocantins”, afirma Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

De acordo com o levantamento IPTL, a gasolina mais cara do País foi encontrada no Acre, a R$ 6,385 por litro, enquanto a mais barata foi registrada no Amapá, a R$ 5,365. O maior aumento foi registrado no Amazonas, onde o preço médio avançou 5,20% em relação ao fechamento de junho.

A Vale Card, por sua vez, revelou os maiores e menores valores por capital. Rio de Janeiro (R$ 6,374) e Rio Branco (R$ 6,340) foram as que apresentaram maiores preços na primeira quinzena de julho, enquanto os menores valores médios foram encontrados em Curitiba (R$ 5,430) e João Pessoa (R$ 5,543).

Etanol teve pequeno aumento

Quanto ao etanol, a alta no preço médio foi de 0,02%, comercializado a R$ 5,033 por litro, de acordo com os dados do IPTL. O valor mais alto foi encontrado no Rio Grande do Sul, a R$ 5,787, e o mais baixo em São Paulo, a R$ 4,135. Já a maior alta também foi registrada no Amazonas, de 4,99%.

Já no levantamento da Vale Card, o preço médio no país ficou um pouco abaixo, em R$ 4,344. De acordo com a empresa, só é vantajoso abastecer com etanol em substituição à gasolina no Mato Grosso.



Fonte: Revista Carro