Peugeot só terá carros elétricos a partir de 2030, mas com exceções

0
20


É apenas questão de tempo para que todas as marcas que atuam na Europa se tornarem fabricantes de carros 100% elétricos. Como um dos grande pilares do grupo Stellantis para o futuro, a eletrificação total será liderada pela Peugeot com conversão total da linha em 2030. Contudo, haverá algumas exceções.

A Peugeot e a Stellantis sabem que nem todos os países estão prontos para ter somente carros elétricos em menos de nove anos. O Brasil é um belo exemplo disso. Por isso, a marca estuda planos de eletrificação parcial para mercados ainda em desenvolvimento. O anúncio foi feito por Linda Jackson, CEO da marca, ao Automotive News.

“Como estamos mudando para as novas plataformas STLA Small, Medium e Large, em 2030 na Europa, todos os nossos carros serão elétricos. Mas eu tenho que manter motores a combustão para os meus consumidores internacionais”, revelou Linda à publicação.

Peugeot e-208 GT [divulgação]
Peugeot e-208 GT [divulgação]

A Peugeot será acompanhada do restante de suas marcas irmãs que terão somente carros elétricos até o fim da década. A partir de 2026, a DS não lançará mais nenhum carro a combustão. Depois em 2027 a Alfa Romeo fará a mesma coisa. Culminando na Opel em 2028 com a mesma estratégia.

Nos planos da marca francesa, estão uma versão 100% elétrica do Peugeot 308 para 2023. Já a terceira geração do 3008 deverá chegar na mesma época, mas ainda com versões a combustão, híbrida e elétrica. Um novo 508 também pode estar nos planos da marca e já preparado para eletrificação total.

Peugeot 2008 [divulgação]
Peugeot 2008 [divulgação]

Hoje, o portfólio da Peugeot tem apenas 208 e 2008 com versões 100% elétricas entre os modelos de passeio. Na Europa eles representam 20% das vendas totais dos compactos. Já entre os veículos comerciais a porcentagem é parecida. Recentemente a Peugeot lançou no Brasil o furgão elétrico e-Expert, vale lembrar.

>>Furgões Peugeot e Citroën, que pegaram lugar da Kombi, viram elétricos

>>Landtrek terá mudanças feitas pela Fiat para o Brasil

>>Primeiro Citroën com logo da Fiat é revelado em versão elétrica



Fonte: Revista Carro