Peugeot 1008 terá base do novo Citroën C3 e substituirá 2008 no Brasil

0
70


A Peugeot terá um novo SUV compacto global em 2025. Projetado para substituir o 2008 no Brasil e ser o modelo de entrada da marca francesa em diversos mercados, o inédito Peugeot 1008 será derivado diretamente do novo Citroën C3.

O modelo faz parte do projeto Smart Car do lado PSA da Stellantis. Esse conjunto de modelos pensados para mercados emergentes tem como base a nova geração do Citroën C3, mas também gerará um SUV (o Peugeot 1008) e um sedã compacto (provavelmente da Citroën). Internamente o novo SUV é chamado de Projeto P44, adianta a revista L’Argus.

A plataforma CMP simplificada é a mesma do novo Citroën C3, o que facilitará para que o Peugeot 1008 seja produzido em Porto Real, Rio de Janeiro. A ideia é substituir o já longevo 2008 de primeira geração. Por isso, a Peugeot quer que o 1008 tenha o porte semelhante ao atual SUV compacto da marca, visto que o novo 2008 europeu cresceu demais.

Peugeot 2008 [divulgação]
Peugeot 2008 [divulgação]

Porte verdadeiramente compacto

Para efeito de comparação, o Peugeot 2008 brasileiro tem 4,16 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,58 m de altura. Já o modelo europeu de segunda geração marca 4,30 m no comprimento, 1,77 m de largura e 1,53 m de altura. É esperado que o 1008 tenha cerca de 4,15 m de comprimento, algo perto do Fiat Pulse e do CAOA Chery Tiggo 3X.

Tal qual o novo Citroën C3 e o Fiat Pulse, o novo Peugeot 1008 será equipado com motor 1.0 GSE três cilindros turbo flex. Até seu lançamento acontecer, o motor 1.6 aspirado da PSA já terá deixado de ser oferecido. É possível que o 1.3 Firefly de 109 cv também seja usado pelo menor SUV da Peugeot.

Peugeot 2008 [divulgação]

Lá na Europa, o 1008 será vendido somente na versão totalmente elétrica para se tornar o modelo mais barato da marca com eletrificação completa. Vale lembrar que na Europa a Peugeot conta com o e-208 e o e-2008, versões elétricas dos compactos. No Brasil, o 208 e-GT será oferecido em 2022.

>>Peugeot 3008 tem itens, dirigibilidade e preço de premium | Avaliação

>>Peugeot 208 encarece e passa dos R$ 100 mil, mesmo depois de redução

>>Peugeot 208 vende mais que Chevrolet Onix e Renault Sandero em julho



Fonte: Revista Carro