Os 10 carros mais caros já vendidos no mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Para você que reclama do Renault Kwid E-Tech custando R$ 142 mil ou que a Peugeot Partener Rapid foi lançada acima de R$ 100 mil, saiba que esses dois carros são verdadeiros trocos de padaria perto do valor dos dez modelos dessa lista. Quando se trata de valor pesado, são os leilões que elevam os carros lá para cima.

Por isso, revelamos aqui os dez carros mais caros já vendidos no mundo. Lembrando que todos só atingiram valores estratosféricos por conta de seu valor histórico e por terem sido altamente disputados em leilões. A lista está em ordem crescente, do menos caro para o mais caro, somente para não assustar (muito).

Os valores em reais no título só foram convertidos e não corrigidos de acordo com a inflação. O preço de venda em dólar está presente no texto.

  • 10– Ferrari 290 MM 1956 – R$ 105.582.190

Ferrari 290 MM 1956 [divulgação]
Ferrari 290 MM 1956 [divulgação]

Vendido em dezembro de 2018, esse Ferrari 290 MM de 1956 foi vencedor dos 1.000 km de Buenos Aires e esteve no pódio da Mille Miglia. Além disso, foi restaurado pela própria marca para as 12 horas de Sebring em 1957. O valor em dólar foi de US$ 22.005.000 em 2018.

  1. Aston Martin DBR1 1956 – R$ 108.208.430

Aston Martin DBR1 1956
Aston Martin DBR1 1956 [divulgação]

Outro modelo de corrida, o lendário Aston Martin DBR1 foi usado por Stirling Moss, Caroll Shelby e Jack Brabham. Somente pelos três nomes de extremo peso, seu valor já seria bastante alto. Contudo, ele ganhou os 1.000 km de Nürburgring em 1959. Foi vendido por US$ 22.550.000 em agosto de 2017.

  1. Ferrari 275 GTB/C Speciale 1964 – R$ 126.717.360

Ferrari 275 GTB/C Speciale 1964
Ferrari 275 GTB/C Speciale 1964 [divulgação]

Diferentemente dos demais carros até aqui, esse 275 GTB-C Speciale não era um corredor nato, apesar de ser derivado de uma Ferrari de pista. Primeiro modelo da marca italiana a ser construído com o lendário motor Columbo V12 3.3, esse GTB/C recebeu pintura cinza extremamente fina para aliviar peso. Foram pedidos US$ 26.400.000 por ele.

  1. Ferrari 275 GTB-4*S NART Spider 1967 – R$ 132.046.750

Ferrari 275 GTB-4*S NART Spider 1967
Ferrari 275 GTB-4*S NART Spider 1967 [divulgação]

Já ficou claro que os carros da Ferrari vão dominar a lista? Se ainda não, esse modelo de 1967 saiu por cerca de R$ 6 milhões a mais que o anterior da lista, mesmo sendo mais novo. Isso porque somente 10 dos 15 modelos prometidos para produção foram feitos. Arrematado por US$ 27.500.000, o nome NART Spider vem porque era um pedido especial da Ferrari EUA.

  1. Ferrari 290 MM 1956 – R$ 134.687.685

carros
Ferrari 290 MM 1956 [divulgação]

Voltando aos modelos de competição, esse 290 MM de 1956 ficou em quarto lugar na Mille Miglia de 1956. Mas o que o faz especial é o fato de que foram 426 carros competindo nessa corrida e quem estava atrás do volante era Juan Manuel Fangio. Os US$ 28.050.000 foram pagos em dezembro de 2015 por esse belo exemplar de Ferrari.

  1. Mercedes-Benz W196R 1954 – R$ 142.204.320

carros
Mercedes-Benz W196R 1954 [divulgação]

Primeiro alemão entre os carros mais caros vendidos no mundo, o Mercedes-Benz W196R também foi conduzido por Juan Manuel Fangio, mas durante seu segundo campeonato na Fórmula 1. Foram feitos 14 desses carros, mas somente 10 estão vivos, sendo que 6 são da própria Mercedes. Esse, em específico, foi vendido em 2013 por US$ 29.600.000.

  1. Ferrari 335 S 1956 – R$ 171.735.123

Ferrari 335 S 1956
Ferrari 335 S 1956 [divulgação]

Quando o martelo bateu em fevereiro de 2016, esse vencedor das 12 horas de Sebring de 1957 e das 24 horas de Le Mans do mesmo ano foi vendido por US$ 38.730.510. Com carroceria elegante, porém, não foi capaz de evitar um acidente fatal na Mille Miglia com outro exemplar do 335 S.

  1. Ferrari 250 GTO Berlinetta 1962 – R$ 183.142.994

Ferrari 250 GTO Berlinetta 1962
Ferrari 250 GTO Berlinetta 1962 [divulgação]

Nos aproximando da casa dos R$ 200 milhões temos mais carros da Ferrari. Dessa vez o lendário 250 GTO Berlinetta que ganhou o GT World Championship em sua primeira tentativa. Esse modelo em específico é o 19º da lista de 36 carros feitos, o qual ficou em 2° lugar no Tour de France de 1962. Foi comprado por US$ 35.115.00 após passar 49 anos com a mesma família.

  1. Ferrari 250 GTO 1962 – R$ 232.826.475

carros
Ferrari 250 GTO 1962 [divulgação]

Um dos carros mais cultuados das corridas, e também um dos que mais venceu campeonatos, o 250 GTO é o último modelo da Ferrari na lista. Vendido em 2018 por US$ 48.405.000, ele venceu a Targa Florio de 1963 e 196. Além disso, foi modificado por Scaflietti de um Seires I para um raríssimo Series II. Por isso o preço nas alturas.

  1. Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé – R$ 687.401.000

Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé
Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé

Seiscentos milhões de reais, 143 milhões de dólares. Esse é o preço do campeão da lista de carros mais caros da história. Título alcançado neste ano, esse Mercedes prata era baseado no carro que Juan Manuel Fangio venceu duas vezes. Porém, corria no World Sportscar Championship com um motor menor. Quando a Mercedes parou de correr, os transformou em carros de rua.

>>Os 10 carros elétricos mais baratos do Brasil

>>Sexta-feira 13: 5 carros que dão azar aos mecânicos

>>Quais são os 10 carros mais baratos do Brasil?

Fonte: Revista Carro