Olimpíadas: Toyota autônomo transporta atletas em Tóquio

0
20


Toyota autônomo e-Palette Olimpíadas Tóquio 2020

Micro-ônibus elétrico, Toyota e-Palette tem capacidade para até 20 ocupantes e está em uso na Vila Olímpica

Um dos elementos-chave das Olimpíadas de Tóquio 2020, cuja cerimônia de abertura oficial acontece nesta sexta-feira (23), é a chamada Vila Olímpica, local onde os atletas ficam hospedados e podem descansar, treinar e se alimentar. Porém, em um complexo com 21 prédios e 440 mil metros quadrados, o transporte coletivo é essencial para a mobilidade. E um dos aliados nessa tarefa será o e-Palette, veículo elétrico autônomo desenvolvido pela japonesa Toyota para o evento esportivo.

O Toyota e-Palette é uma espécie de micro-ônibus, com 5.255 mm de comprimento, 2.065 mm de largura e 2.760 mm de altura. A capacidade total é de 20 pessoas, mas, por conta da pandemia, os veículos irão circular com limitação de ocupação durante os Jogos. Para usuários de cadeiras de roda, a capacidade é de 4 pessoas. Externamente, o visual minimalista do micro-ônibus é semelhante entre dianteira e traseira, com mesmo desenho para faróis e lanternas, logotipo da Toyota ao centro dos “para-choques” e ampla área envidraçada.

Dezenas de unidades do e-Palette estão em uso na Vila Olímpica durante os Jogos Olímpicos de Tóquio e também serão usados nos jogos Paraolímpicos, em agosto. O Toyota autônomo é movido por um motor elétrico alimentado por bateria, que pode entregar autonomia de até 150 km.

Segundo a Toyota, os movimentos de aceleração e frenagem do veículo autônomo são suaves, a fim de passar a impressão de condução por um motorista convencional – e não um robô. O modelo é capaz de detectar outros veículos e pedestres ao redor para dar a preferência automaticamente. Apesar de não necessitar de condutor, cada Toyota e-Palette terá um operador a bordo, por segurança, para possível intervenção em caso de emergência.

A fim de auxiliar na prevenção da Covid-19 durante as Olimpíadas, os tecidos e superfícies internas do Toyota e-Palette utilizam material anti-viral e o ar da cabine é amplamente renovado a cada abertura das grandes portas laterais.

Como a maioria dos usuários do micro-ônibus autônomo é formada por atletas, a altura dos assentos e corrimãos na cabine pode ser alterada a fim de facilitar o embarque de pessoas de todas as estaturas. O piso e as alças internas são pintados em cores contrastante a fim de facilitar a visualização por pessoas com deficiência visual de cores. Para auxiliar na concentração dos atletas olímpicos e paraolímpicos, o e-Palette traz iluminação relaxante e não reproduz músicas.

Fotos: Divulgação



Fonte: Revista Carro