Novo Suzuki S-Cross 2022 perde seu último link com a Fiat

0
29


Recentemente contamos aqui no Auto+ as parcerias automotivas exóticas que resultaram em modelos inusitados. Entre elas estava Suzuki e Fiat que deram origem aos modelos SX4 e Sedici. O tempo passou, o Suzuki mudou de geração (o Fiat morreu), passou a ser chamado de SX4 S-Cross, mas agora rompe de fez seu último link com o Secidi.

Tida como terceira geração, o novo modelo, na realidade, é uma reestilização profunda do S-Cross atualmente vendido no Brasil. A mudança radical veio acompanhada do fim do nome SX4, que ainda era usado discretamente pela Suzuki em um emblema minúsculo na traseira.

Com 4,30 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,58 m de altura e 2,60 m de entre-eixos, o novo Suzuki S-Cross 2022 deixa claro que tem medidas idênticas ao modelo anterior. Seu porte o coloca na mesma categoria de Honda HR-V e Hyundai Creta. Por conta disso, a Suzuki tratou de dar a ele um visual mais SUV e menos hatch.

Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]
Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]

Reforma pesada

Para esse efeito, a dianteira ficou mais alta e com capô mais reto. Os faróis retilíneos ganharam integração visual com a grade frontal por conta do desenho dos LEDs. Para-lamas com desenho mais quadrado também ajudam na sensação de maior robustez visual.

Na traseira, o Suzuki S-Cross conta com novas lanternas translúcidas de LED com desenho em L. Elas são ligadas por um friso preto com o logotipo da marca japonesa. O para-choque ganhou uma área em preto mais bojuda, a qual conta com os refletores e também com a luz de neblina.

Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]
Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]

Cabine passou por alterações mais singelas. O formato básico continua lá, mas as linhas foram modernizadas. Volante é o mesmo do Swift e há uma nova central multimídia flutuante com Android Auto e Apple CarPlay.

Apesar de ter mantido a mesma base, o motor mudou. O 1.4 quatro cilindros turbo ganhou tecnologia micro-híbrida vinda do Swift Sport. Agora são 127 cv e 24 kgm de torque capazes de levar o modelo aos 100 km/h em 9,5 segundos na versão com tração dianteira. Na variante Allgrip com tração integral, o S-Cross atinge a mesma velocidade em 10,2 segundos.

Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]
Suzuki S-Cross 2022 [divulgação]

>>Suzuki planeja Swift Cross para 2024: tendência da Toyota?

>>Cinco carros exóticos que foram resultado de parcerias inusitadas

>>Os carros 1.0 aspirados mais caros à venda no Brasil



Fonte: Revista Carro