Novo Honda City 2022 terá versão Touring no Brasil

0
89


Novo Honda City versão Touring no Brasil

Terceira geração do sedã compacto será vendida em quatro versões, com lançamento previsto para o último bimestre

 

A terceira geração do Honda City, que deverá estrear no último bimestre no Brasil como linha 2022, será vendida em quatro versões. Uma delas será o acabamento Touring, o mesmo de Civic e HR-V. Porém, a nomenclatura topo de linha não virá acompanhada de motor turbo para o novo sedã compacto.

Além da versão Touring, inédita para o compacto, a Honda já registrou no Brasil o novo Honda City nas conhecidas versões LX, EX e EXL. Nesta mudança de geração, o City perderá os atuais acabamentos DX (de entrada, com câmbio manual) e Personal (voltado ao público PCD).

A diferença entre os acabamentos ficará restrita aos equipamentos, já que toda a gama terá câmbio automático do tipo CVT (com simulação de 7 marchas) e um novo motor 1.5 aspirado flex. Na Índia, em configuração somente a gasolina, este motor produz 121 cv de potência a 6.600 rpm e 14,8 kgfm de torque a 4.300 rpm, números que podem ter ligeiro acréscimo com a adoção de injeção flex – no City atual, o 1.5 flex produz 116/115 cv (E/G) e 15,3 kgfm de torque.

A terceira geração do City está maior que a antecessora, com 4.549 mm de comprimento (94 mm extras), 1.748 mm de largura (53 mm extras), 1.489 mm de altura (4 mm a mais) e 2.600 mm de distância entre eixos (o mesmo que a atual geração). Pela primeira vez no Brasil, o Honda City terá controles de estabilidade e tração, além de assistente de saída em rampa. Os itens de segurança, por força da lei que exige controle de estabilidade para novos projetos, virão de série desde a versão básica.

O objetivo da Honda com o novo City Touring será conquistar antigos clientes de Civic, que terá novo posicionamento de preços com a estreia da nova geração no Brasil em 2022. Para justificar a etiqueta mais cara, o novo City Touring terá itens sistema de auxílio de ponto cego via câmera (Lane Watch), faróis full LED, retrovisor eletrocrômico, sistema de som com 8 alto-falantes, chave presencial, partida do motor por botão e até teto solar elétrico. Possibilidade estudada pela marca é a adoção de revestimento dos bancos em couro na cor cinza claro, como no HR-V Touring.

Apesar dos novos itens de série, nenhuma versão do novo Honda City 2022 nacional terá os assistentes de condução do pacote Honda Sensing, como frenagem autônoma de emergência, assistente de manutenção em faixa ou controle de cruzeiro adaptativo. Na gama nacional, estes equipamentos deverão estrear somente com a nova geração do HR-V, que já está registrada no Brasil. Atualmente, a linha 2021 do City tem preços que começam em R$ 75.700 e chegam a R$ 102.700. A expectativa é que a nova geração seja posicionada na faixa de preços entre R$ 95 mil e R$ 120 mil.

Fotos: Divulgação/Honda



Fonte: Revista Carro