Nova geração do Fiat Doblò será um Peugeot repaginado

0
71


O Fiat Doblò é um dos carros mais velhos ainda produzidos no Brasil. Com projeto datado de 2000, o modelo está há muito tempo sem atualizações. Mas na Europa a situação é um pouco menos pior. A atual segunda geração nasceu em 2010 e foi reformulada em 2015. Já passa da hora de mudar e a ajuda virá diretamente da Peugeot.

Segundo a revista L’Argus, a terceira geração do Fiat Doblò estreia na Europa na segunda metade de 2022. O desenvolvimento do modelo será rápido, pois será somente uma adaptação da linguagem visual da Fiat a um furgão que já está pronto. Há grandes chances de que ele seja produzido também na Argentina junto das variantes Peugeot e Citroën.

Atualmente a Stellantis produz os modelos compactos Citroën Berlingo, Peugeot Partner (e a versão de passageiros Rifter), Opel/Vauxhall Combo e até uma variante Toyota, o ProAce City. Com a chegada do novo Doblò como derivado desses modelos, a Fiat será a sexta marca a produzir um furgão derivado do mesmo projeto.

Fiat Doblò europeu [divulgação]

Não faria sentido que a Fiat desenvolvesse sozinha uma nova geração do Doblò tendo modelos Peugeot e Citroën prontinhos para serem usados. Além disso, a linha comercial do lado francês da Stellantis tem boa fama na Europa, o que auxilia ainda mais a estratégia para o novo modelo.

Mais Peugeot com logo da Fiat

A troca de modelos Peugeot e Fiat irá além do Doblò. A marca italiana também produzirá o seu próprio derivado dos irmãos Peugeot Expert e Citroën Jumpy. Vale lembrar que a dupla é feita também no Uruguai, de onde é importada para o Brasil – o que abre caminho para um modelo Fiat futuramente.

Citroën Jumpy [divulgação]

Com maior porte que o novo Doblò, esse modelo manterá o nome Talento, que hoje é usado pela versão rebatizada e italiana da Renault Trafic. Como hoje existem modelos equivalentes da Peugeot e da Citroën, não faz mais sentido manter parceria com a Renault.

Coincidentemente ou não, a geração anterior dos Opel Movano e Vivaro eram derivados diretos dos Renault Master e Trafic. Atualmente a Opel produz o Movano com base no trio Peugeot Boxer, Citroën Jumper e Fiat Ducato, enquanto o Vivaro se tornou irmão do Peugeot Expert e do Citroën Jumpy.

>>Pulse que não é da Fiat: quando a Renault lançou um Nissan March feio

>>Fiat Toro se torna picape mais vendida do Brasil em setembro

>>Fiat Toro se torna picape mais vendida do Brasil em setembro



Fonte: Revista Carro