Nissan ampliará oferta do Leaf com rede maior no Brasil

0
16


Nissan Leaf

Aumentando consideravelmente a rede que venderá o elétrico Leaf no país, a Nissan visa aumentar também consideravelmente as vendas do modelo

A Nissan anuncia mais uma etapa em seus planos de eletrificação para o Brasil. A fabricante irá ampliar sua rede de concessionárias autorizadas no país a vender e ter serviços de pós-vendas dedicados aos carros elétricos, o que significa nesse momento o Leaf.

Serão ao todo 44 concessionárias em 15 Estados mais o Distrito Federal, totalizando 34 cidades em todo o território nacional até setembro. E todas terão à disposição dos clientes o carregador rápido Wallbox. Na primeira fase, quando Leaf chegou ao mercado brasileiro, eram 7 concessionárias em 5 estados e no Distrito Federal.

LEIA MAIS: Nissan anuncia nova parceria para uso de célula de combustível

E para estimular a compra do carro elétrico, a Nissan oferece benefícios como assistência 24h, 7 dias por semana, incluindo cobertura em todo o Mercosul, por dois anos sem custo extra. Além disso, oferece também serviço de guincho em caso de término da bateria. O objetivo no final das contas é mostrar o quanto é viável o uso do Nissan Leaf no dia a dia na região, além de apenas de aumentar a rede e a oferta de pontos de venda. Nas palavras da própria empresa, a meta é “desmistificar o uso do carro elétrico”.

E a estratégia é ousada: segundo a Nissan, seu objetivo é vender mais unidades do Leaf até o final do ano fiscal – que vai até março de 2022 – do que todo o segmento de 100% elétricos comercializou no país no ano passado. Para comparar, em 2020, foram 500 carros elétricos vendidos no Brasil. Isso significa que mais unidades chegarão importada da Inglaterra, para suprir essa oferta ampliada.

“A Nissan tem experiência mundial de mais de 10 anos na comercialização de carros elétricos e já vendeu mais de 500 mil unidades do Leaf em mais de 50 países. No Brasil, estes dois anos de pioneirismo no segmento também nos fizeram conhecer melhor os clientes. Agora, unindo o nosso conhecimento mundial com as particularidades e demandas locais, estamos prontos para a nova fase, que começa agora e vai evoluir rapidamente. Estamos chegando a todas as regiões e teremos muitas outras novidades nos próximos meses”, afirma Airton Cousseau, presidente da Nissan Mercosul e diretor geral da Nissan do Brasil.

Enquanto na Europa se fala em 2035 para encerrar a venda de novos carros movidos apenas a motores combustão (gasolina e diesel), aqui no Brasil a Nissan ainda não tem uma data para aderir 100% à eletrificação da sua linha de produtos. Vale lembrar, porém, que isso faz parte da estratégia global da marca, de atingir zero emissões, até 2030.

Confira a lista de cidades e Estados que terão concessionárias aptas a vender o Nissan Leaf:

Amapá

Amazonas        

Bahia     

Ceará     

Distrito Federal           

Espírito Santo 

Mato Grosso    

  • Cuiabá
  • Rondonópolis
  • Sinop

Minas Gerais    

Goiás     

Pará       

  • Ananindeua
  • Belém
  • Marabá

Paraná  

Pernambuco    

Rio de Janeiro 

Rio Grande do Sul      

  • Caxias do Sul
  • Gravataí
  • Ijuí
  • Porto Alegre

Santa Catarina

  • Araranguá
  • Balneário Camboriú
  • Florianópolis

São Paulo         

  • Campinas
  • Cotia
  • Franca
  • Guaratinguetá
  • Indaiatuba
  • Ribeirão Preto (2)
  • Santo André
  • São José dos Campos
  • São Paulo (7)

Foto: Divulgação



Fonte: Revista Carro