Nissan adia para 22 de junho retorno da produção em Resende, RJ

57



Expectativa era reativar as linhas de montagem na próxima segunda-feira (25). Empresa fiz que funcionários da produção seguem com contratos suspensos. Fábrica da Nissan em Resende (RJ)
Divulgação
A Nissan decidiu adiar em quase um mês a reabertura de sua fábrica de automóveis em Resende (RJ), parada desde 23 de março. Antes, a volta da produção estava prevista para a próxima segunda-feira (25). Agora, a empresa estima retomar as atividades em 22 de junho.
No local, são produzidos os modelos Kicks, March e Versa, além de motores 1.0 e 1.6 usados por esses veículos.
Coronavírus: veja os efeitos na indústria automotiva
Em comunicado, a Nissan disse que “a medida tem como objetivo assegurar a saúde e o bem-estar de seus colaboradores, fornecedores, suas famílias e a sociedade em geral, além de também refletir a situação dos estoques à nova realidade do mercado automotivo em decorrência da pandemia da Covid-19 no país”.
O comunicado ainda diz que, durante esse período, os funcionários irão continuar com o modelo de suspensão temporária do contrato de trabalho, enquanto trabalhadores das áreas administrativas seguem com redução proporcional da jornada de trabalho e salários.
Fábricas reabrindo
A medida da fabricante japonesa vai, de certa forma, na contramão do que a indústris tem feito. Volkswagen e Chevrolet, por exemplo, reativaram parte de suas fábricas. A FCA, dona de Fiat e Jeep, retomou a produção nas 3 unidades no país.
Além delas, Mercedes-Benz, BMW e Mitsubishi também já voltaram a produzir.
Na próxima segunda-feira, a fábrica de motores da Volkswagen em São Carlos (SP) retomará a produção.
Em abril, a produção de veículos no Brasil despencou 99%, segundo a Anfavea. Já os emplacamentos caíram 76%.


Fonte: Auto Esporte