Mercedes-AMG GT terá produção encerrada em dezembro

0
24


Mercedes-AMG GT Black Series

Lançado em 2014, superesportivo sairá de linha sem um sucessor imediato

O Mercedes-AMG GT, lançado mundialmente em 2014, deverá ter a produção encerrada em dezembro. O modelo deixará de existir nas carrocerias cupê e roadster (conversível), ambas de duas portas, restando apenas a variante de quatro portas (AMG GT 63 S 4Matic+). A informação foi antecipada pelo portal espanhol Motor ES.

Sucessor do Mercedes SLS AMG, que trazia uma releitura moderna do Asa de Gaivota, o AMG GT sairá de linha sem um sucessor imediato. Com a proposta de ser um hiperesportivo acima do GT e com a mecânica de um Fórmula 1, o Mercedes-AMG One deverá ser lançado em 2022 com 1.000 cv de potência. Já o roadster do AMG GT terá a lacuna ocupada pela nova geração do Mercedes SL, com espaço para quatro ocupantes e opção de motorização híbrida.

Apresentado em 2014, o Mercedes-AMG GT ganhou diferentes variantes ao longo dos anos, com as séries GT S, GT C, GT R, GT R Pro e GT Black Series. Esta última entrega o desempenho mais extremo do modelo, com a utilização de motor V8 biturbo de 730 cv de potência entre 6.700 e 6.900 rpm e 81,5 kgfm de torque de 2.000 a 6.000 rpm. Com tração traseira e câmbio DCT de 7 marchas, o modelo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e chegar à velocidade máxima de 325 km/h.

Foto: Divulgação




Fonte: Revista Carro