Lamborghini Aventador tem edição de despedida com 780 cv

0
23


Lamborghini Aventador LP 780-4 Ultimae

Aventador LP 780-4 Ultimae marca o fim do motor V12 aspirado nos superesportivos da marca

Sucessor do Murcielágo, o Lamborghini Aventador completa 10 anos de mercado este ano com o lançamento de uma série especial de despedida. Chamada de LP 780-4 Ultimae, marca o fim da utilização do motor V12 aspirado nos superesportivos da marca italiana.

A nova edição está disponível nas carrocerias Coupé e Roadster, em um lote limitado a 600 unidades – sendo 350 modelos com teto rígido e 250 da opção conversível. A personalização visual inclui para-choques com maiores entradas de ar, apliques vermelhos (Coupé) ou cinza (Roadster) na carroceria, difusor traseiro ampliado e rodas exclusivas de 20” (na dianteira) e 21” (na traseira).

O motor 6.5 V12 aspirado produz 780 cv de potência a 8.500 rpm, 40 cv a mais que o Aventador S e 10 cv extras em relação ao Aventador SVJ. O poderoso doze cilindros entrega 73,4 kgfm de torque a 6.750 rpm e está acoplado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 marchas, com tração integral.

Com uso extenso de compósito de fibra de carbono na carroceria, o Aventador Ultimae pesa apenas 1.550 kg, sendo 25 kg mais leve que a série S. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 2,8 segundos, de acordo com a Lamborghini, enquanto a velocidade máxima é de 355 km/h. Para estancar completamente vindo a 100 km/h, são necessários apenas 30 metros nas frenagens.

A Lamborghini ainda não revelou o preço da série de despedida do Aventador, mas é natural que o valor seja superior aos 526.643 e 577.661 dólares pedidos pela edição SVJ nas carrocerias coupé e roadster. A série será restrita a mercados da Europa e América do Norte, não sendo vendida no Brasil e nos seguintes países: China, Coreia do Sul, Vietnã e Chile.

Fotos: Divulgação



Fonte: Revista Carro