Kia Carnival tem porta que pode sair voando sozinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Recalls bizarros ao redor do mundo acontecem vez ou outra. Mas já ouviu falar de algum em que a porta do carro pode simplesmente sair voando? Esse é o caso da Kia Carnival. Os reparos convocados nos EUA afetam a nova geração da minivan que recentemente estreou no Brasil.

Segundo comunicado da Kia, atuador interno do controle remoto das portas traseiras pode ter sido fabricado com qualidade aquém do especificado. Com isso, a ligação entre o tambor e o suporte pode ficar travado na posição de abertura. Como consequência, a porta não trava e não fecha corretamente.

Em casos mais extremos e de velocidades altas, a porta pode ser aberta involuntariamente com muita velocidade e se desprender da Kia Carnival. Contudo, com a porta não travada corretamente, apesar de aparentemente fechada, o alarme de abertura fica ativado insistentemente.

Kia Carnival [divulgação]

Se o motorista ignorar esses avisos e rodar acima de 10 km/h, um alarme contínuo será disparado e uma luz ficará acesa no painel. Um total de 2.956 unidades da Kia Carnival serão reparadas nos EUA e ainda não se sabe se unidades vendidas em outros países, como o Brasil, são afetadas pelo recall.

Carnival no Brasil

Vale lembrar que a Carnival é vendida no Brasil em versão única, a V.585, por R$ 529.990. Ela conta com motor 3.5 V6 a gasolina de 272 cv e 33,2 kgfm de torque. A transmissão é automática de oito marchas.

Kia Carnival [divulgação]
Kia Carnival [divulgação]

Enquanto lá fora existem versões de 11 lugares da Kia Carnival, aqui no Brasil a minivan familiar conta apenas com variante para oito passageiros. Ela é, atualmente, o único carro vendido no nosso país com esse tipo de configuração de assentos. Além disso, Kia Carnival e Chevrolet Spin são as únicas minivans comercializadas no Brasil.

>>Chevrolet Spin leva 7 pessoas e é como coração de tia | Avaliação

>>Kia Rio e outros 5 hatches que morreram com uma geração no Brasil

>>Kia cancela caminhonete rival de Toyota Hilux e Ford Ranger



Fonte: Revista Carro