Hyundai Creta Grand estreia com 7 lugares por equivalente a R$ 128.800

0
34


Vendido na Índia como Alcazar, o Hyundai Creta de sete lugares agora faz sua estreia no México, onde será chamado Creta Grand. O modelo ainda não tem data para estrear no Brasil, mas a expectativa é que a Hyundai invista nesse segmento que está em franca expansão e com a vantagem de ser o único compacto da categoria.

Lá no México, o Hyundai Creta Grand será oferecido somente nas versões GLS Premium e Limited. A variante de entrada sai por 455.000 pesos (R$ 128.800), enquanto a topo de linha custa 498.000 pesos (R$ 140.900). O preço no México é intermediário entre as versões Limited (R$ 122.990) e Ultimate (R$ 152.990) do Creta brasileiro, que ainda tem a Platnium (R$ 137.990) no meio.

De série, todas as versões do Creta Grand trazem seis airbags, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, freio de estacionamento elétrico, freio a disco nas quatro rodas, piloto automático, rodas de liga-leve de 18 polegadas, central multimídia de 10,25 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay e ar-condicionado digital.

Hyundai Creta Grand [divulgação]
Hyundai Creta Grand [divulgação]

Na versão topo de linha Limited, o Creta sete lugares têm bancos revestidos em couro, teto solar, banco do motorista elétrico e painel de instrumentos totalmente digital (maior do que o usado na versão brasileira). Há ainda faróis e lanternas de LED para todos os modelos.

O motor é sempre 2.0 quatro cilindros aspirado Smartstream-G. Ele é uma evolução do 2.0 Nu do Creta brasileiro. Tanto que a potência e o torque são de 160 cv e 20 kgfm contra 157 cv e 19,2 kgfm do modelo brasileiro quando abastecido com gasolina. Usando etanol, o Creta 2.0 entrega 167 cv e 20,6 kgfm.

Hyundai Creta Grand [divulgação]
Hyundai Creta Grand [divulgação]

Curioso notar que no México o Creta de cinco lugares não tem opção de motor 2.0 aspirado, ao contrário do modelo de sete lugares. A variante regular traz motor 1.5 aspirado de 115 cv ou 1.4 turbo de 140 cv e 24,5 kgfm – que bem que poderia substituir o 2.0 aspirado usado aqui no Brasil. O câmbio no Creta Grand é automático de seis marchas.

>>Hyundai Creta já ficou mais caro: confira preços e versões

>>Creta brasileiro ficará velho: reestilização já está pronta

>>Hyundai Creta 2022 vale à pena é com motor 1.0 turbo | Impressões



Fonte: Revista Carro