Honda irá lançar 30 veículos elétricos até 2030

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Honda eletrificação

Planos da Honda incluem uma nova plataforma e o desenvolvimento próprio de baterias para os carros elétricos

A Honda anunciou globalmente seus planos de eletrificação, que incluem lançar 30 modelos totalmente elétricos até 2030. O objetivo da empresa é atingir a neutralidade de carbono para todos os produtos e atividades corporativas até 2050. E isso envolve reduzir o número de modelos e versões ofertadas em todo o mundo, que já caiu para menos da metade do número em 2018, com a meta de redução para um terço até 2025. Vimos esse movimento também no Brasil, com a saída de linha de WR-V e Fit, por exemplo.

Para elevar a oferta de veículos elétricos, a Honda trabalha atualmente com o fornecimento de baterias de íon de lítio de parceiros em cada região, como as baterias Ultium da GM para a América do Norte ou da Envision AESC no Japão. Contudo, a partir da segunda metade da década, o objetivo é acelerar a pesquisa e desenvolvimento independente, incluindo baterias em estado sólido.

Na América do Norte, a fabricante planeja apresentar em 2024 dois modelos elétricos, desenvolvidos em conjunto com a GM, sendo eles o SUV Honda Prologue totalmente novo e um SUV inédito sob a marca Acura. Já na China, serão 10 novos modelos EV até 2027.

Para chegar aos 30 novos modelos elétricos até 2030, com produção de mais de 2 milhões de unidades anualmente, a Honda começará a adotar a partir de 2026 a plataforma para elétricos e: Architecture, além de incluir novidades com preços mais acessíveis em 2027, fruto da parceria com a GM. A produção desses modelos, aliás, acontecerá tanto na China quanto na América do Norte.

E quem ficou preocupado com o fim dos esportivos, a Honda afirmou que manterá em seu portfólio dois modelos com esse apelo, mesmo na era da eletrificação.

Foto: Divulgação



Fonte: Revista Carro