Hatch elétrico da Honda é registrado no Brasil

0
20


Elétrico Honda e

Apesar de aparecer em documentos de registro de desenho no IPI, compacto não deverá ser vendido oficialmente

O hatch elétrico Honda e foi registrado oficialmente pela marca no Brasil. Apesar de ter o desenho catalogado em documentos do INPI, o compacto não deverá ser vendido oficialmente por aqui. Quem quiser ter o elétrico da Honda terá que recorrer a importadores independentes, que vendem o compacto sob encomenda desde o ano passado. 

Se fosse vendido oficialmente no Brasil, o elétrico ocuparia o posto de menor modelo da marca, com 3.895 mm de comprimento, 1.750 mm de largura, 1.512 mm de altura e 2.530 mm de distância entre eixos. A capacidade é para quatro ocupantes, com porta-malas de apenas 171 litros. Na cabine, o Honda e traz múltiplas telas no painel, que fornecem informações do quadro de instrumentos e central multimídia, além da projeção de imagens de duas câmeras externas que substituem os retrovisores laterais.

Na versão topo de linha disponível em outros mercados, o Honda e traz motor elétrico de 154 cv de potência e 32,1 kgfm de torque. Com bateria de 35,5 kWh, o elétrico possui autonomia homologada de 222 km pelo ciclo europeu WLTP. A recarga de 80% da capacidade da bateria pode levar apenas 30 minutos em estações de carregamento rápido.

O hatch possui tração traseira, suspensão independente nos dois eixos e distribuição de peso ideal (50:50), aspectos que prometem comportamento dinâmico esportivo ao compacto. Segundo dados de fábrica, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,3 segundos.

Ainda que não traga o elétrico oficialmente ao Brasil, a Honda mantém o plano de eletrificação anunciado no Salão do Automóvel de 2018, que previa o lançamento de 3 híbridos em 5 anos. O primeiro deles é novo Accord Hybrid e:HEV, já nas concessionárias, enquanto o segundo deverá ser a nova geração do HR-V.

Fotos: Reprodução/INPI e Divulgação



Fonte: Revista Carro