Grade iluminada: 5 carros com o estilo “da moda”

0
35


Novo recurso de design já é usado por diferentes fabricantes, em modelos elétricos e a combustão

De tempos em tempos, novas tendências de design e estilo surgem no mundo dos automóveis para renovar o apelo emocional e atrair mais compradores. Uma das apostas mais recentes é o recurso de grade iluminada, onde elementos em LED contornam ou integram a peça que une os faróis principais. Esse “macete” surgiu no mercado de personalização (aftermarket) e, agora, passou a ser adotado por diferentes fabricantes como item de série. Ainda que o resultado final seja de gosto bastante discutível na maioria dos casos, a grade iluminada é um recurso que deverá estar em cada vez mais lançamentos nos próximos anos. Conheça 5 modelos que já utilizam o novo elemento “da moda”:

1 – BMW X6

O primeiro BMW X6 surgiu em 2008 para ser uma alternativa mais estilosa ao “irmão” X5, sendo um dos precursores do visual SUV-cupê. A atual terceira geração do X6, que chegou ao Brasil no ano passado, trouxe o recurso de grade iluminada para renovar a essência “descolada” do utilitário esportivo. A iluminação destaca os traços do tradicional ‘duplo rim’ da BMW ao travar e destravar o veículo, mas também pode ser ativada manualmente pelo motorista – inclusive com o carro em movimento.

2 – Volkswagen Taos

A proposta de uso da grade iluminada foi antecipada pelo conceito Tarok, de 2018, no Salão de São Paulo. O primeiro modelo a usar o recurso no Brasil é o recém-lançado Taos. Disponível na versão topo de linha, a grade iluminada do Taos é composta por um filete em LED que interliga os faróis, acompanhando os traços das luzes de rodagem diurna em forma de L invertido. O estilo visto no Taos pode ser aplicado em futuras reestilizações dos SUVs T-Cross e Nivus, como antecipado pelo Taigo europeu.

3 – GMC Hummer EV

O retorno do nome Hummer entre os modelos da General Motors foi marcado pela estreia em grande estilo da picape elétrica GMC Hummer EV, de 1.000 cv de potência. Com desempenho de sobra, o utilitário replica o estilo “quadradão” dos antigos Hummer e aposta na nova tendência da “grade” iluminada para marcar a nova fase eletrificada. Sem motor a combustão, a grade, na verdade, é totalmente fechada e traz o nome Hummer com iluminação posterior, que faz a ligação de forma uniforme entre os faróis.

4 – Mercedes-Benz EQC

Outro elétrico a lançar mão do recurso de estilo é o Mercedes-Benz EQC, à venda no Brasil desde 2020. Derivado do SUV a combustão GLC, o EQC substitui a tradicional grade aberta por uma totalmente fechada, com acabamento na cor preta e múltiplos frisos cromados. O arremate iluminado fica no alto da peça, com um friso que une as luzes de rodagem diurna. O estilo é complementado ainda pelo contorno iluminado da tradicional estrela de três pontas da marca. Tendência ou exagero?

5 – Hyundai Tucson

A quarta geração do Hyundai Tucson surgiu mundialmente em 2020 e estreou uma nova linguagem de estilo da marca, com destaque para as chamadas “Luzes Paramétricas Ocultas”. O recurso faz com que parte dos faróis e luzes de rodagem diurna fiquem totalmente ocultos, em forma de grade, quando o veículo está desligado. Com a iluminação ativada, cinco blocos em cada extremidade formam a identidade visual do SUV.

Fotos: Arquivo



Fonte: Revista Carro