Governo do Paraná avalia BYD D1 e prevê aquisição de elétricos

BYD D1 – Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança do Paraná (SESP) testou o elétrico BYD D1 EV. O modelo passou por uma avaliação entre as várias áreas do órgão estadual (como Corpo de Bombeiros e as Polícias Militar, Civil e Científica) por aproximadamente 45 dias.

“O veículo foi submetido nas ações práticas da segurança pública e administrativas, até para que a gente pudesse extrair todas suas qualidades e para que a avaliação realmente fosse bem executada a fim de nos propiciar conhecimento na hora da aquisição, pois é fundamental conhecer se o veículo atende às ações das nossas corporações. Existe uma intenção, em futuro próximo, de aquisição de veículos elétricos para nossa frota”, destaca Francisco José Batista da Costa, diretor geral SESP/PR, em nota divulgada.

O modelo D1 EV foi entregue pela concessionária BYD Servopa, primeira concessionária da marca inaugurada no Sul do país. A unidade, localizada em Curitiba, está entre as 18 concessionárias da BYD em operação em todo o território nacional.

Outro Estado que testa o modelo, por exemplo, é São Paulo, por meio de sua Polícia Civil.

BYD D1 – Foto: Divulgação

+ BYD acelera rede e terá 22 concessionárias pelo Brasil em janeiro
+ SUV elétrico BYD Yuan Plus chega ao Brasil por R$ 269.990
+ Teste rápido: Ao volante do BYD Song Plus DM-i; confira

Como é o BYD D1 EV?

Com pegada de monovolume, o BYD D1 EV é um veículo 100% elétrico, mede 4.390 mm de comprimento, 1.650 mm de altura e 1.850 mm de largura, além 2.800 mm de entre-eixos.

A porta traseira direita é do tipo deslizante, de acionamento motorizado. Outro detalhe é que o modelo dispõe de diversos itens de conforto de série, como controlador de velocidade adaptativo, acendimento automático dos faróis, ar-condicionado Dual Zone, acesso por chave presencial e partida por botão.

Por dentro, o D1 EV tem bancos ergonômicos e central multimídia de 10,1″.

O elétrico oferece 130 cv de potência e 18,3 kgfm de torque. As baterias de 53 kWh garantem ao veículo 371 quilômetros de autonomia com uma única carga. O tempo de recarga rápida das baterias é de 35 minutos em até 80% do total.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Conceito da BMW muda de cor e agora tem leque com 32 opções
+ Comparativo dos mais vendidos: Peugeot 208 vs. Hyundai HB20
+ Licenciamento SP 2023: confira o calendário completo
+ SUVs mais vendidos: motivos pra comprar (e pra não comprar)
+ HB20, Onix Plus, T-Cross e Compass: os carros mais vendidos são sempre os melhores?
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Rodízio de veículos segue suspenso em SP; veja quando volta
+ Preço da gasolina fica estável em SP; variação entre bairros chega a 59%
+ Avaliação: Honda Civic híbrido supera 25 km/l na cidade e não decepciona ao volante; veja como funciona
+ Ford 2023: veja os lançamentos confirmados da marca para o Brasil
+ Honda 2023: veja a lista de lançamentos confirmados
+ Chevrolet 2023: lista de lançamentos tem Silverado e Bolt EUV
+ Preço médio do litro da gasolina volta a subir no Brasil
+ IPVA 2023: calculadora mostra quanto você vai pagar no imposto; acesse



Fonte: Motor Show