Gasolina mais cara: veja 5 dicas para economizar combustível


A Petrobras anunciou um reajuste no preço dos combustíveis para as distribuidoras, que começa a valer a partir desta quarta-feira, 16. A alta para a gasolina foi de R$ 0,41 e para o diesel de R$ 0,78.

Pensando no consumidor que quer poupar o bolso nesse momento, a Motor Show separou cinco dicas para economizar combustível. Para isso, entrevistamos Danilo Ribeiro, Coordenador de Treinamento do CTTi – Centro de Treinamento, Tecnologia e Inovação da DPaschoal. Veja abaixo:

Danilo Ribeiro, Coordenador de Treinamento do CTTi – Crédito: Divulgação

1ª – Janelas abertas ou ar-condicionado consomem mais?

Ar-condicionado – Crédito: Freepik/@fabrikasimf

“Sim, é verdade, principalmente por conta da resistência aerodinâmica. Andar com as
janelas abertas cria turbulência dentro do veículo, o que aumenta a resistência do ar e
com isso o motor precisa trabalhar mais para superar essa resistência extra,
resultando em um aumento no consumo de combustível”

O especialista explica que, em velocidades mais baixas ou em situações de trânsito intenso, o efeito do ar-condicionado ou das janelas abertas pode ser mais significativo em relação ao consumo de combustível.

Em velocidades mais altas, como na estrada, a resistência aerodinâmica desempenha um papel mais importante, então manter as janelas fechadas pode ser mais eficiente.

A dica é fechar as janelas e usar o ar-condicionado com moderação, especialmente em situações que exijam mais potência do motor.

2ª – Falta de manutenção aumenta o gasto de combustível?

Manutenção do carro – Crédito: Freepik/@standret

“A falta de manutenção adequada em um veículo pode levar a vários problemas mecânicos que, por sua vez, podem aumentar o consumo de combustível”

Ribeiro cita os principais itens que podem interferir na economia:

  • Os filtros de ar e de combustível sujos, podem restringir o fluxo de ar e combustível para o motor, fazendo com que ele trabalhe mais para produzir a mesma quantidade de energia;
  • Velas de ignição desgastadas ou danificadas podem levar a uma combustão incompleta no motor, isso pode resultar em perda de eficiência e aumento do consumo de combustível, já que o motor precisará queimar mais combustível para manter o desempenho;
  • Se os injetores de combustível estiverem sujos ou entupidos, a pulverização do combustível no motor pode ser irregular, isso pode levar a uma combustão ineficiente;
  • Um sistema de escapamento com vazamentos pode afetar a eficiência do motor, levando a uma perda de potência;
  • Óleo do motor vencido ou em níveis inadequados pode causar atrito excessivo nas partes internas do motor, reduzindo sua eficiência.

3º – Pneus também interferem no consumo?

Pneu – Crédito: Freepik/@senivpetro

“Sim, os pneus têm um impacto significativo no consumo de combustível de um veículo. Pneus com pressão insuficiente têm uma área de contato maior com o solo, o que aumenta a resistência ao rolamento, o que significa que o motor tem que trabalhar mais para mover o veículo, resultando em um maior consumo de combustível”

O especialista acrescenta que pneus desgastados de forma irregular podem causar desequilíbrio nas rodas, afetar a dirigibilidade do veículo, o que pode resultar em um consumo mais alto de combustível.

Ele também ressalta que pneus de baixa qualidade ou desenhados para tração excessiva podem aumentar a resistência ao rolamento e reduzir a eficiência do combustível. Outros, porém, são projetados com tecnologias que ajudam na redução da resistência ao rolamento, como compostos de borracha e desenhos de banda de rodagem otimizados, que podem contribuir para melhorar a eficiência do combustível.

4ª – Forma de dirigir também interfere no gasto de combustível?

Condução do carro – Crédito: Freepik

“A forma como se dirige o veículo, incluindo a aceleração e a troca de marchas, tem um impacto direto no consumo de combustível. Acelerar bruscamente e rapidamente até altas velocidades consome mais combustível, pois o motor precisa trabalhar com mais intensidade para fornecer a potência necessária para acelerar rapidamente o veículo”.

A troca de marchas na hora errada, como deixar o veículo em marchas baixas por muito tempo ou manter o motor em rotações muito altas, também podem aumentar o consumo. A dica é adotar uma condução mais suave, com acelerações graduais e trocas de marchas no momento correto.

5ª – Peso extra, consumo extra?

Porta-malas cheio – Crédito:Freepik

“Sim, o peso em excesso no carro pode aumentar o consumo de combustível, pois o motor precisa trabalhar mais para mover um veículo mais pesado. Um veículo mais pesado exerce mais pressão sobre os pneus, aumentando a resistência ao rolamento, o que significa que o motor terá que trabalhar mais para superar essa resistência adicional”.

Para acelerar, subir ladeiras ou manter velocidades mais altas, um veículo mais pesado exige mais potência do motor. Um carro carregado em excesso pode sobrecarregar o motor, fazendo com que ele funcione com menos eficiência.

O aumento do peso também pode afetar a aerodinâmica do veículo, aumentando assim a resistência ao ar. O aconselhável é evitar transportar carga desnecessária no veículo.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Preço do etanol cai em 17 Estados e no DF, sobe em 8 e fica estável em 1, diz ANP
+ Licenciamento em SP: grupo tem até agosto para regularizar; confira
+ CNH: Detran-SP muda regra para renovação do documento; veja
+ Compra do ano 2023: os melhores carros em 22 categorias
+ Veja qual é o significado dos códigos de erro nos painéis dos Chevrolet
+ Elétricos da JAC Motors ficam mais baratos e E-JS1 chega a R$ 135.900
+ Mini Countryman acelera no ‘off-road’ para a próxima geração
+ Veja quais são os SUVs 0km mais vendidos no mercado brasileiro
+ Fiat Toro 2024 ganha novas grades e fica mais equipada; veja os preços e versões
+ Não passou no teste da CNH? Nova lei em tramitação garante 2ª prova gratuita
+ Chevrolet revela mais detalhes da Silverado que chegará em breve ao Brasil





Motor Show