Ford recomenda parar SUVs na rua para que sua casa não pegue fogo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Já imaginou estacionar seu carro em casa e depois de alguns minutos perceber que ele virou uma churrasqueira gigante? Pois isso está acontecendo com dois SUVs da Ford. A situação é tão perigosa que a marca do oval azul recomenda que os donos dos utilitários não os estacionem dentro de casa, preferindo a rua.

Por conta disso, a Ford anunciou o recall de 39.013 unidades do Expedition e 6.302 unidades de seu primo de luxo Lincoln Navigator. Nenhum dos dois é vendido no Brasil oficialmente. Portanto, fique tranquilo pois não haverá casos de garagens pegando fogo do nada por causa de um SUV da Ford.

Até o momento, 16 casos de incêndio envolvendo os dois SUVs da Ford foram registrados nos EUA e uma investigação foi aberta em março deste ano. Coincidentemente ou não, desses 16 SUVs flamejantes, 14 eram de locadora e apenas dois comprados por particulares. As locadoras não comentaram o caso ou foram especificadas quais eram.

Ford Expedition [divulgação]
Ford Expedition [divulgação]

Além disso, do total de casos de incêndio, 12 SUVs pegaram fogo enquanto parados e apenas quatro com carro em movimento. A causa do fogo não é conhecida ainda, mas aparentemente tem origem no lado do passageiro do motor. Alguns clientes têm notado cheiro de queimado e fumaça saindo da área dos pés nessa região.

Problema sem solução

Por não saber ainda a causa do incêndio, a Ford não tem uma solução para o problema. Contudo, as revendas já podem receber os veículos para o pátio, mas a marca recomenda que Lincoln Navigator e Ford Expedition sejam estacionados para fora de casa com o objetivo de minimizar os efeitos de um possível incêndio.

Lincoln Navigator [divulgação]
Lincoln Navigator [divulgação]

Ao menos a Ford notificou que o problema afeta somente as unidades de Expedition e Navigator produzidas entre primeiro de dezembro de 2020 e 30 de abril de 2021.

>>Ford vende fábrica de Taubaté e encerra mais um capítulo no Brasil

>>Ranger FX4 ficou a um passo de ser a Ranger definitiva | Avaliação

>>Maioria dos novos donos da Maverick antes tinha Honda ou Toyota

Fonte: Revista Carro