Ford desenvolve recarga rápida de elétricos, como feita em postos

0
21


Foto: Divulgação

Pesquisadores da Ford e da Universidade estadunidense de Purdue parecem dar um importante passo inicial para tornar simples e rápida a recarga de carros elétricos – que pode demorar até horas atualmente.

O fato é que a parceria trabalha em um novo cabo de estação de carregamento com patente pendente, que poderia combinar com a tecnologia de carregamento de veículos em desenvolvimento.

+ Fomos conhecer a picape Ford Maverick; confira
+ Conheça o motorhome Ford F750 World Cruiser de R$ 32,8 milhões
+ Carro-conceito: Ford apresenta Mustang rebaixado

Chave da velocidade está no superaquecimento

“Hoje, os carregadores são limitados na rapidez com que podem carregar a bateria de um EV devido ao perigo de superaquecimento. Carregar mais rápido requer mais corrente para viajar através do cabo de carregamento ”, disse Michael Degner, líder técnico sênior, da Ford Research and Advanced Engineering, em nota divulgada.

E completa: “Quanto maior a corrente, maior a quantidade de calor que deve ser removida para manter o cabo operacional”.

Foto: Divulgação

Por isso, os pesquisadores da Purdue estão se concentrando em um método alternativo de resfriamento, projetando um cabo de carregamento que pode fornecer um aumento de corrente. O cabo usa líquido como um agente de resfriamento ativo, que pode ajudar a extrair mais calor do cabo, alterando a fase de líquido para vapor – a principal diferença entre esta e a atual tecnologia de resfriamento a líquido no mercado.

Tempo

Esta inovação pode um dia fornecer significativamente mais energia do que os sistemas de hoje para recarregar veículos elétricos, tornando o potencial de tempos de recarga mais rápidos. Em última análise, isso poderia levar a recarregar EVs tão rapidamente quanto abastecimentos convencionais de postos de gasolina – menos de cinco minutos.

O tempo de carregamento de veículos elétricos pode variar amplamente atualmente, de 20 minutos em uma estação a horas em uma estação de carregamento doméstica.

A universidade pretende começar a testar um protótipo de cabo de carregamento nos próximos dois anos.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Nova lei entra em vigor e tem alterações para motoristas de transportes
+ IPVA zero para motos até 150 cc é aprovado em Comissão
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ FlixBus promete viagens de ônibus no Brasil a partir de R$ 19,90
+ App 99 oferece aluguel do kit de conversão de gás (GNV) para motoristas; veja como se inscrever
+ Kia lança o SUV híbrido Stonic no Brasil e promete mais 3 modelos
+ Mini traz ao Brasil série limitada em homenagem a John Cooper
+ Eletricz lança bike elétrica no Brasil com até 160 km de autonomia
+ Honda apresenta nova scooter aventureira em Milão; Hornet confirmada
+ Corvette de Velozes e Furiosos 5 será leiloado





Fonte: Motor Show