Ford descarta Super Duty elétrica, mas Maverick pode ser eletrificada

0
19


Com o sucesso da F-150 Lightning no mercado norte-americano, era de se esperar que a Ford investiria ainda mais em picapes elétricas. O próximo passo natural seria que a linha Heavy Duty constituída por F-250, F-350 e F-450 ganhasse uma variante eletrificada. Mas isso não vai acontecer. Mas quem tem chances de se tornar elétrica é a Maverick.

Segundo informações reveladas por Kumar Galhotra, presidente da Ford para as Américas e mercados internacionais do grupo, ao Detroit Free Press, “no momento não temos planos de entrar no mercado peso-pesado com carros elétricos”.

Existem algumas razões para isso. Ao contrário do costume brasileiro em que o que importa é a capacidade de carga da picape, nos EUA eles se importam com a capacidade de reboque. Uma F-150 Lightning elétrica consegue rebocar 4.536 kg, o que é 1.814 kg a menos que as variantes a combustão da caminhonete.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]

No caso das picapes Super Duty, a Ford tem capacidade de reboque e 7.711 kg – algo que seria bastante difícil de igualar em um modelo elétrico. Além disso, com a capacidade reduzida em cerca de 30%, como é o caso da Lightning para a F-150 a combustão, o modelo maior teria a mesma capacidade que a F-150 padrão.

Maverick elétrica?

Por outro lado, a Ford parece estar cozinhando uma versão elétrica da Maverick. Com plataforma modular que já permite a eletrificação total, vista no Mustang Mach E, a Ford poderia ter um gigantesco diferencial no mercado com uma picape intermediária 100% elétrica.

Ford Maverick Lariat FX4 [divulgação]
Ford Maverick Lariat FX4 [divulgação]

Hoje a Maverick é a única picape desse porte com motorização híbrida, a qual ainda está apenas em estudos para o Brasil. Hyundai Santa Cruz não conta com variante eletrificada, muito menos a Fiat Toro. Além disso, não há planos para uma Chevrolet Montana híbrida ao menos por enquanto.

>>Cinco carros exóticos que foram resultado de parcerias inusitadas

>>Ford Maverick tem potencial para incomodar a Fiat Toro | Impressões

>>Nova Ford Ranger só chega ao Brasil em 2023, mas terá motor V6



Fonte: Revista Carro