confira os bastidores de lançamento dos novos elétricos da Audi – MinutoMotor

0
19


Esta semana a Audi ampliou sua linha de elétricos com a chegada dos modelos e-tron S Sportback e RS e-tron GT. Aliás, o novo esportivo oferece desempenho surpreendente: acelera de zero a 100 km/h em apenas 3,3 segundos, graças aos dois motores 100% elétricos. O do eixo dianteiro libera 175 kW, enquanto o motor na traseira libera 335 kW. A potência total é 440 kW e o torque total é de 85 Kgf.m. No modo boost, a potência aumenta brevemente para 475 kW. O modelo apresenta tração integral, chega a 250 km/h de velocidade máxima e conta com mais de 1,4 milhão de combinações e pode ser personalizado também pelo site da montadora. O primeiro esportivo totalmente elétrico da marca dos quatro anéis está em pré-venda em todas as concessionárias e-tron por R$ 949.990.

Além do Audi RS e-tron GT, a Audi apresentou e-tron S Sportback que terá preço sugerido a partir de R$ 779.990. Acelera de 0-100 km/h em apenas 4,5 segundos e a velocidade máxima é de 210 km/h. A bateria de alta tensão tem uma capacidade de energia de 95 kWh. A autonomia é de 380 km no ciclo WLTP e é o primeiro veículo elétrico com três motores da marca, que oferece 503 cv de potência máxima. Resumindo: um é o mais potente Audi já fabricado – 646 cv de potência, no modo boost, e o outro é o que apresenta o maior torque entre os modelos de luxo – quase 100 Kgf.m de força. Detalhe: os dois modelos estão recheados de inovações tecnológicas.

Produção de fotos e vídeos para divulgação – Mas hoje não vamos falar dos números superlativos, das tecnologias embarcadas, muito menos de eletrificação. A ideia é mostrar um pouco de como são os bastidores do lançamento de um veículo tão especial – o RS e-tron GT, que eleva para outro patamar o DNA de esportividade da Audi em um carro elétrico de high performance. Na marca alemã o futuro é hoje.

Como gosto de flutuar entre os dois lados do balcão – jornalista e produtor – a D.A.P. – esquipe especializada em vídeos automotivos – me convidou para fazer o atendimento dos colegas jornalistas que participaram das primeiras impressões dos carros da família e-tron, nos dias 17 e 18 de maio, no Autódromo Capuava, em Indaiatuba (SP). A coordenação do test-drive foi feita pela 2Drive, capitaneada por Beto Gresse. Os cuidados também estavam fora da pista, já que todos (sem exceção) que participaram da ação testaram para Covid. O evento seguiu rigorosamente todos os protocolos de saúde e higiene.

O trabalho de produção do material de imprensa (fotos e vídeos) começa bem antes dos jornalistas acompanharem a coletiva e rodar nos carros. Com uma boa antecedência, a Audi enviou para a D.A.P. um briefing com a descrição do trabalho e como deverão serem feitas as captações estáticas e em movimento dos novos membros da linha e-tron, com informações da quantidade de fotos por modelos e os ângulos a serem registrados. O resultado será usado no press kit, ou seja, o material de divulgação dos modelos no Brasil. Neste caso específico, a equipe teve apenas um dia para produzir fotos e vídeos.

No meu caso foi um privilégio dirigir os lançamentos da Audi para a produção do material. Acredito que fui um dos primeiros mortais (com exceção dos pilotos da 2Drive) a pilotar o RS e-tron GT, carro dos sonhos e de quase um milhão de reais. Com acelerações vigorosas – força transferida instantaneamente dos motores para as rodas em função da tração quatro – dá para colar as costas no assento, que é do tipo concha, e que oferece massagem, em vários níveis de atuação. Depois do launch control é preciso relaxar!

Nos dois dias dedicados à imprensa, a D.A.P. antedeu 24 jornalistas, sempre divididos em duas turmas e dois grupos, manhã e tarde. Os grupos de seis eram subdivididos em duas turmas. Enquanto três jornalistas iam para a pista, os outros três produziam conteúdos estáticos: chamadas para seus programas/canais, review dos modelos e entrevistas com os executivos. Entre eles: Johannes Roscheck (foto mais acima), presidente e CEO da marca, e Cláudio Rawicz (abaixo), diretor de Marketing e Comunicação. Em cada carro havia câmara GoPro para fazer imagens onbord. O fotógrafo Mario Villaescusa, que, aliás, produziu algumas poesias traduzidas em imagens, fez cerca de mil “clicks” por dia. Fotos para divulgação e também sob demanda para atender aos colegas jornalistas.

Esse é mais um capítulo da minha história com a Audi, que começou na Chapada dos Guimarães (MT) com o lançamento do Q3, no final de 2019. Agora é esperar as novas aventuras à bordo destes carros que conseguem oferecer o máximo de tecnologia, desempenho, conforto e segurança. Como é bom presenciar a evolução desta indústria que tem o poder de transformar ficção em realidade. Valeu Audi pela oportunidade!



Fonte: R7