Confira 5 dicas para comprar um carro seminovo ou usado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Foto: Pexels

Com a crise dos chips e falta de alguns insumos em 2021, o mercado de carros seminovos e usados está em alta. Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), no ano passado foram comercializados cerca de 11,2 milhões de automóveis e comerciais, em uma margem de 5,7 veículos usados para cada veículo leve zero-quilômetro.

Com o crescimento da procura, o preço desses veículos aumentou 30% em média na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), usada como base para negociar veículos.

Por isso, para realizar um bom investimento é preciso ter todo o cuidado ao comprar um seminovo e evitar futuras dores de cabeça. Veja abaixo cinco dicas de Rodrigo Dal Bello, CEO do Autoconf, plataforma inteligente de gestão de veículos voltada para revendedoras.

+ Preço do seguro em alta: veja o valor dos 10 carros 0km mais vendidos
+ Confira 3 dicas sobre aspectos importantes do pneu
+ Veja 5 dicas para planejar uma viagem com carro elétrico

Verifique o automóvel com cuidado

Achar um seminovo do jeitinho que você quer pode ser uma tarefa difícil e levar tempo. Isso pode fazer com que o cuidado ao avaliar o automóvel seja deixado de lado. Verifique a pintura, se existem marcas de possíveis batidas, a quilometragem (carros com quilometragem muito alta podem ser um problema), a parte mecânica, a conservação do interior do carro e se todas as funcionalidades, como ignição, parte elétrica e multimídia, estão em perfeito estado.

Leve a um mecânico de confiança

Pode ser que você não tenha todo o conhecimento necessário para avaliar o seminovo. Por isso é sempre indicado que, se possível, leve junto um mecânico de sua confiança ou alguém que tenha bastante conhecimento sobre carro para te auxiliar na avaliação do veículo. Assim, você garante que qualquer problema que possa passar despercebido seja notado.

Faça um test-drive

Não tenha vergonha de pedir para testar o veículo. É fundamental que você se sinta à vontade ao dirigir o carro, afinal de contas, você fará um bom investimento naquele bem.

Aproveite o teste drive para avaliar também as funcionalidades. É a melhor maneira de ter uma impressão mais ampla sobre o veículo.

Cheque a documentação e procedência do veículo

Evite surpresas ao comprar um carro novo. Peça para ver os comprovantes de negativação de multas passadas, pagamento de IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), licenciamento e até mesmo o histórico de revisões. Nunca compre automóveis de procedência duvidosa.

Procure lojas de revendas de confiança

Dal Bello ressalta que é fundamental realizar negócios com lojas e comerciantes com bom histórico de mercado. Isso certamente vai garantir que todos os itens acima sejam previamente checados quando a loja adquirir o veículo para a venda.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ CNH: veja o que é necessário para renovar o documento
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Rodízio de veículos em SP volta a valer a partir desta segunda-feira (17)
+ CNH vencida: veja o grupo que precisa renovar o documento em janeiro
+ Nova Amarok: VW confirma que picape será maior e com V6 turbodiesel
+ Caoa Chery bate recorde de vendas e prevê 2 lançamentos em 2022
+ BMW Motorrad concede cashback de R$ 5 mil na aquisição de motocicletas
+ Preço do seguro em alta: veja o valor dos 10 carros 0km mais vendidos
+ Licenciamento 2022: Detran-SP divulga calendário e preço; veja
+ BMW oferece IPVA grátis para o Série 3 até o final do mês





Fonte: Motor Show