Compra do Ano 2023/Esportivo Elétrico: Audi RS e-tron GT

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Audi RS e-tron GT

Tivemos que criar essa categoria por causa dos esportivos da “nova era”, elétricos – que não dá para comparar com aqueles a combustão, de tão diferentes. Com entrega de torque sempre imediata, os modelos a bateria podem muitas vezes ser mais rápidos no 0-100 km/h, porém são muito mais pesados e, acima de tudo, não têm sensações mecânicas, marchas para trocar ou a sonoridade avassaladora de um V8 como o do Mustang da página anterior. E, entre Audi e-tron Sportback S, Porsche Taycan e outros, a Compra do Ano 2023 ficou com o Audi RS e-tron GT.

Cerca de R$ 40.000 mais barato que a superperua RS 6 Avant (leia aqui), o Audi RS e-tron GT entrega mais potência e torque do que ela e tem uma carroceria mais baixa e esportiva, de um legítimo cupê Granturismo – porém grande, com quase os mesmos cinco metros da station.

O motor elétrico dianteiro do Audi RS e-tron GT tem 238 cv, e o traseiro, 455 cv. Somam 598 cv (646 por dois segundos no overboost) e 830 Nm, e a bateria tem ótimos 93 kWh.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS VENCEDORES DA COMPRA DO ANO 2023

Andando devagar, ouve-se um discreto zumbido, mas, nos modos esportivos, aparece um ronco grave, gerado artificialmente – que não faz muito sentido. Mas, se o som pode não empolgar, a fúria é enorme.

Apesar de 300 quilos mais pesado que a RS 6, acelera até 100 km/h em estonteantes 3,3 segundos (0s3 a menos) – e, com centro de gravidade mais baixo por causa da bateria, a dinâmica é ainda mais avassaladora. Os largos pneus 305/30 R21 e a suspensão a ar ajustável tornam muito difícil achar os limites nas curvas.

A posição de guiar é excelente, com ajuste elétrico de tudo, do volante ao comprimento das abas e contorno do assento, o teto de vidro amplia a cabine e ainda há um som cristalino da Bang & Olufsen.

Mas nem tudo é perfeito: as aletas no volante aumentam a recuperação de energia, mas agem como se o motorista pisasse apenas de leve no freio – não servem a reduções bruscas, como fazemos nos esportivos “normais” antes das curvas.

E ainda é meio estranho se acostumar a usar só os dois pedais, sem interferência de uma transmissão. Uma experiência de direção inédita – e absolutamente surpreendente.Audi RS e-tron GT

› VERSÕES

GT quattro R$ 1.079.990

› Potência 646 cv
› Porta-malas 350+85 litros
› Consumo A
› Versão indicada Versão única

AVALIAÇÃO COMPLETA DO AUDI RS E-TRON GT:
GALERIA DE FOTOS DO DO AUDI RS E-TRON GT:

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS VENCEDORES DA COMPRA DO ANO 2023

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Comparativo de Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Licenciamento: veja o calendário completo e como pagar em SP
+ Ford revela nova Ranger Raptor com as cores da bandeira LGBTQ+
+ Série limitada de microcarro elétrico da Citroën esgota em 17 minutos
+ Novo Peugeot 408: SUV cupê é finalmente apresentado
+ Novo Fusca mescla linhas do passado e itens futuro por R$ 3 milhões
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo
+ Avaliação: Toyota Corolla Cross híbrido põe o consumo acima de tudo
+ App 99 cria plataforma que permite usuários alugarem carros
+ CNH vencida: 140 mil condutores em SP precisam renovar em junho



Fonte: Motor Show