Como no Brasil, Ford fecha fábricas na Índia

0
21


Ford FreeStyle indiano

Ford FreeStyle indiano

Sem Ka e EcoSport, fabricante vai focar em lançamentos premium no mercado indiano, como o Mustang e elétricos

Em um novo anúncio de reestruturação global, a Ford anunciou que encerrou todas as atividades de produção de automóveis e motores na Índia, nas fábricas de Chennai e Sanand. Como no anúncio do fim das operações fabris no Brasil, Ford EcoSport e Ka (chamado localmente de Figo) não serão mais vendidos na Índia.

O fim da produção destes modelos Ford na Índia também significa a interrupção definitiva das vendas do EcoSport na Argentina, que passou a receber o SUV do país asiático a partir do fechamento da fábrica de Camaçari (BA). A expectativa da Ford Argentina, entretanto, é que o estoque de EcoSport indiano dure até 2023. A produção do EcoSport, entretanto, segue em fábricas na Romênia, Rússia, China e Vietnã. 

O comunicado da Ford indica que a empresa acumula prejuízos de 2 bilhões de dólares nos últimos 10 anos. A fábrica de Chennai, viabilizada após investimento de 1 bilhão de dólares, tinha capacidade instalada para a produção anual de 200 mil veículos e 340 mil motores. Já a unidade de Sanand era capaz de produzir até 240 mil veículos e 270 mil motores por ano. Além de EcoSport e Ka (Figo), a Ford indiana produzia os modelos FreeStyle, Endeavour e Aspire. 

A estratégia da Ford para a Índia é semelhante à adotada no Brasil, com a oferta do esportivo Mustang e futuros modelos premium, como SUVs, híbridos e elétricos. 

Fotos: Divulgação




Fonte: Revista Carro