Chevrolet testa SUV cupê derivado do Onix e Tracker

0
22


A Chevrolet prepara uma forte ofensiva no segmento de utilitários para os próximos anos. Além da nova geração da Montana, que se tornará uma rival da Fiat Toro, a marca norte-americana prepara também um inédito SUV cupê derivado do Onix. Seria um Tracker com teto baixo ou algo diferente?

Assim como o Tracker e o Trailblazer chinês/americano, o novo SUV cupê terá plataforma GEM. A base é originária do Onix e do Onix Plus, mas será usada em uma infinidade de modelos compactos e até médios da General Motors. A própria Montana usará a base e deve ser o maior modelo construído sobre ela.

O suposto Tracker cupê poderá usar o nome Trax, como vem sendo especulado pela Burlappcar que fez o flagra. A designação é usada pela segunda geração do Tracker em alguns países. O Brasil foi exceção e não adotou o nome global. Lá nos EUA o modelo antigo ainda sobrevive, mas custa pouca coisa a menos que o Trailblazer, que é maior e mais moderno.

Chevrolet SUV Cupê [Burlappcar]
Chevrolet SUV Cupê [Burlappcar]

Pelo flagra é possível ver o teto com queda suave e uma carroceria mais arredondada que a do Tracker e do Trailblazer. Esse modelo deve seguir por um estilo próprio e mais esportivo. A ideia é posicionar ele entre o Tracker (ou o Trailblazer nos EUA) e o Equinox.

Buraco a ser preenchido

Hoje entre há um buraco gigante em porte e preço na linha de SUVs da Chevrolet. O Tracker fica em 4,27 m de comprimento, enquanto o Equinox aposta em 4,65 m. O novo modelo com algo em torno de 4,40 m seria suficiente para coloca-lo como rival do trio de ouro dos SUVs médios: Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos.

Chevrolet Trailblazer [divulgação]
Chevrolet Trailblazer [divulgação]

Preço também é hoje um problema que esse novo SUV cupê poderia resolver. O Tracker começa em R$ 109.030 e vai até a R$ 143.920. Já o Equinox é vendido hoje em versão única por R$ 219.420 – preço que deve aumentar com a nova geração. Custando algo entre R$ 140 mil e R$ 200 mil seria o suficiente para fechar o buraco na GM e concorrer com o Compass.

>>Chevrolet mata Onix antigo, S10 flex, além de versões de Tracker e Spin

>>CAOA Chery Tiggo 7 PRO faz esquecer totalmente o antigo | Impressões

>>Jeep Compass flerta com o segmento de luxo com diesel | Avaliação



Fonte: Revista Carro