C4 Cactus X-Series estreia nova cor na Citroën por R$ 106.990

0
21


Enquanto a nova geração do C3 não estreia no Brasil, o C4 Cactus segue como único Citroën à venda no país. Para continuar a chamar atenção, o SUV compacto recebeu a série especial X-Series a qual estreia uma nova cor de carroceria, o Cinza Artense. Serão apenas 600 unidades por R$ 106.990.

As fotos divulgadas pela marca francesa não mostram outra opção de cor para o Cactus X-Series, o Cinza Grafito que é mais escuro que o Artense. Independentemente da escolha para a carroceria, a série especial tem como destaque os detalhes pintados em Bronze Ocre. O tom está nas molduras das luzes de neblina e nos airbumbs.

Destaque ainda para as rodas de liga-leve de 16 polegadas e para o teto pintados em preto brilhante. Por dentro, o tom é replicado em costuras dos bancos, volante e câmbio, há também tapetes especiais exclusivos para o modelo especial.

Citroën C4 Cactus X-Series [divulgação]
Citroën C4 Cactus X-Series [divulgação]

Tal qual tem sido comum entre as séries especiais do Citroën C4 Cactus, o X-Series é equipado com motor 1.6 aspirado de 118 cv e 16,1 kgfm atrelado à transmissão automática de seis marchas. O desejado motor THP fica restrito somente à versão topo de linha Shine e não é ofertada para a edição limitada do SUV compacto.

A versão especial do C4 Cactus traz de série itens como controle de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa, ar-condicionado digital, piloto automático com regulador e limitador de velocidade, luzes diurnas de LED, retrovisores com regulagem elétrica, Isofix, vidros elétricos nas quatro portas com função um toque, painel de instrumentos digital e central multimidia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay.

Citroën C4 Cactus X-Series [divulgação]
Citroën C4 Cactus X-Series [divulgação]

>>Peugeot 1008 terá base do novo Citroën C3 e substituirá 2008 no Brasil

>>Stellantis registra novos Citroën C5 X e DS 4 no Brasil. Será que vem?

>>Citroën C4 Cactus THP finge ser SUV e esconde ser esportivo | Avaliação



Fonte: Revista Carro