BMW i4 M50 vira safety car em competição de motos elétricas

0
18


BMW I4 M50 Safety Car MotoE

Sedã 100% elétrico irá substituir o híbrido BMW i8 em provas da MotoE a partir de 15 de agosto

 

 

 

O sedã elétrico BMW i4 M50 será o novo safety car da MotoE, competição de motos elétricas que dá suporte à MotoGP, principal categoria do campeonato mundial de motovelocidade. O modelo irá suceder o cupê híbrido i8 a partir do dia 15 de agosto, no Grande Prêmio da Áustria.

Para puxar o pelotão de motos elétricas em casos de acidente ou problemas na pista, o i4 recebeu luzes de sinalização no teto, LEDs adicionais na dianteira e pintura especial na cor cinza com elementos em verde brilhante. Na cabine, que não teve imagens reveladas. Na cabine, que não teve imagens reveladas, são esperadas modificações nos bancos e cintos de segurança, além de sistema especial de comunicação via rádio.

Revelado em junho, o i4 M50 começará a chegar às concessionárias da Europa em novembro. O sedã com estilo de cupê traz dois motores elétricos, um em cada eixo (para tração integral), que geram 544 cv de potência combinada e 81 kgfm de torque. Com transmissão de marcha única e 2.215 kg de peso em ordem de marcha, o i4 M50 é capaz de acelerar de 0 100 km/h em 3,9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 225 km/h (limitada eletronicamente).

Para efeito de comparação, o i8, que até então era o safety car da MotoE, trazia motor 1.5 híbrido de 374 cv de potência combinada e era capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e chegar à máxima de 250 km/h.

Em condições “normais”, a bateria de 83,9 kWh do BMW i4 M50 é capaz de fornecer até 510 km de autonomia pelo ciclo WLTP. Pelo peso extra e aerodinâmica prejudicada pelos equipamentos extras, o i4 safety car deverá ter alcance menor. O consumo oficial de energia fica entre 19 e 24 kWh/100 km.

Fotos: Divulgação



Fonte: Revista Carro